Você está aqui: Página Inicial / Fevereiro de 2017 – Ano III – Nº 022

Fevereiro de 2017 – Ano III – Nº 022

Informativo Mensal – Fevereiro de 2017 – Ano III – Nº 022



PROGEPE divulga documento com retorno das

Avaliações de Desempenho de 2016

 

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), através do Setor de Acompanhamento e Análise do Processo de Trabalho (SAAPT), disponibilizou a planilha atualizada com o retorno das Avaliações de 2016 no Site da PROGEPE, com o objetivo de dar maior transparência e permitir o acompanhamento do servidor quanto ao recebimento de suas Avaliações de Desempenho.

É importante que todos os servidores da UNIRIO que ingressaram até 07 de agosto de 2016 e suas chefias imediatas preencham o Formulário online. No entanto, algumas pendências do SIE acabaram por impedir que o processo avaliativo fosse efetivamente informatizado em toda a UNIRIO. Portanto, a Avaliação de Desempenho que teve início no dia 07 de novembro de 2016, ainda não foi realizada no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG), sendo postergada por período específico a ser amplamente divulgado.

O SAAPT reforça que o processo avaliativo é um instrumento para a obtenção da Progressão por Mérito Profissional e para a construção de melhorias das condições de trabalho na Universidade.

Acesse o documento com o retorno das Avaliações de Desempenho no endereço: http://www.unirio.br/progepe/FINALIZADAS489ad.pdf

 

Mais informações podem ser obtidas no Setor de Acompanhamento e Análise do Processo de Trabalho (SAAPT) pelo telefone (21) 2542-5523 ou através do e-mail progepe.saapt@unirio.br.

 


 


DGPA informa sobre envio de e-mail para homologação das férias

 

A Diretoria de Gestão de Processos Administrativos (DGPA), por meio da Seção de Cadastro e Registros de Pessoal (SCRP), alerta aos servidores que alguns e-mails enviados para as suas chefias com a solicitação para a homoloção das férias estão sendo direcionados para a caixa de SPAM, informação relatada por algumas chefias.

Após o envio, é importante que o servidor confirme com sua chefia o recebimento do pedido, para que não ocorram problemas com relação à marcação e ao pagamento das férias. Portanto, solicitamos que todos os servidores, inclusive as chefias configurem os e-mails cadastrados no Siape para que ao receberam o e-mail Sigepe.nao-responda@planejamento.gov.br  as mensagens de solicitação e confirmação de férias não sejam encaminhadas para a caixa de SPAM.

 

Mais informações podem ser obtidas na Seção de Cadastro e Registros de Pessoal (SCRP) pelos telefones (21) 2542-7321/(21) 2542-7307 ou através do e-mail: progepe.ferias@unirio.br.

 


 

 

 SAAPT informa sobre os novos procedimentos para avaliação e acompanhamento dos servidores em estágio probatório

 

O Setor de Acompanhamento e Análise do Processo de Trabalho (SAAPT) esclarece sobre os novos procedimentos para os servidores em estágio probatório como o Plano de Trabalho Individual que é uma ferramenta de gestão,  adotada para todos os servidores admitidos a partir de janeiro de 2017, que tem por objetivo auxiliar a chefia e o servidor no momento do preenchimento da Avaliação do Estágio Probatório. A realização de um planejamento de atividades para o servidor recém-admitido proporcionará maior confiabilidade para sua avaliação e evitará respostas intuitivas, baseadas em percepções aleatórias.

O formulário para a construção do Plano de Trabalho Individual deverá ser preenchido e devolvido, devidamente lacrado e assinado, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias ao SAAPT/PROGEPE para registro e para acompanhamento. É importante lembrar que o arquivo do formulário está disponível na página da PROGEPE no endereço http://www.unirio.br/progepe/estagio-probatorio-1 e deverá ser salvo para ser utilizado nos demais períodos avaliativos, pois ao completar um e dois anos de UNIRIO, a chefia deverá, novamente, planejar com o servidor as atividades que serão desenvolvidas em cada período. Caso haja substituição de chefia durante o período de Estágio Probatório do servidor, todos os procedimentos deverão ser repassados para a nova chefia para a continuidade do processo avaliativo.

 

EXEMPLO:

Posse do servidor: 10/01/2017

Data para devolução do formulário preenchido ao SAAPT: 10/03/2017

Preenchimento do Plano de Trabalho referente ao início do 2º período avaliativo: a partir de 10/01/2018

Data para devolução do formulário preenchido ao SAAPT: 10/03/2018

Preenchimento do Plano de Trabalho referente ao início do 3º período avaliativo: a partir de 10/01/2019

Data para devolução do formulário preenchido ao SAAPT: 10/03/2019

 

Þ A chefia, no princípio de cada período avaliativo, deverá iniciar com a equipe o planejamento das atividades no setor antes de realizar a construção do Plano de Trabalho com o servidor. Caso o setor já planeje anualmente suas tarefas e atividades, a chefia poderá utilizar esse planejamento para preencher a primeira parte do formulário, lembrando que a chegada de um novo servidor poderá gerar redistribuição das atividades entre os membros da equipe ou até mesmo a inclusão de outras rotinas no setor.

Þ Para o preenchimento do Plano de Trabalho é importante atentar-se para os conceitos de Tarefa e Atividade. A tarefa é o trabalho prescrito e refere-se àquilo que a pessoa deve realizar, dirigindo-se a determinado objetivo. Exemplo: A preparação de um bolo. Já a atividade diz respeito àquilo que cada trabalhador realiza no seu dia a dia, ou seja, refere-se ao modo como o trabalhador realmente executa uma tarefa prescrita. Portanto, aí já se nota que a atividade pode ser algo mais individual do que coletivo. Exemplo: separar os ingredientes, misturar, fazer a cobertura, assar, etc.

Þ Ao final de cada período avaliativo, a chefia e o servidor deverão juntos, por meio de formulário próprio encaminhado junto com o processo, avaliar a realização da programação definida no Plano de Trabalho antes de preencherem a Avaliação de Desempenho em Estágio Probatório e, logo em seguida, programarem as atividades a serem realizadas no período seguinte.

Lembramos que o setor deverá fazer uma cópia do Plano de Trabalho preenchido antes de enviá-lo ao SAAPT para o acompanhamento devido.

 

Mais informações podem ser obtidas no Setor de Acompanhamento e Análise do Processo de Trabalho (SAAPT) no telefone (21) 2542-5523 ou pelo e-mail progepe.saapt@unirio.br.

  


 

PROGEPE disponibiliza relação das Portarias dos processos de

Progressão/Promoção Docente/Aceleração/RT

 

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE) informa abaixo a listagem com os números das portarias editadas pela Divisão de Acompanhamento Funcional e Formação Permanente (DAFFP) em 14 de fevereiro de 2017. As portarias são referentes aos processos de Progressão/Promoção Docente/Aceleração/RT que serão publicadas no Boletim Interno da UNIRIO.

 

Portarias PROGEPE de 14 de fevereiro de 2017

 

Mais informações podem ser obtidas na Divisão de Acompanhamento Funcional e Formação Permanente (DAFFP) pelo telefone (21) 2542-5516 ou através do e-mail progepe.daffp@unirio.br.

 


 

 

SAST recebe inscrições para a atividade de

Controle e Prevenção a Hipertensão e Diabetes

 

O Setor de Atenção à Saúde do Trabalhador (SAST), da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), convoca todos os trabalhadores da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) a participar da atividade de Controle e Prevenção a Hipertensão e Diabetes.

Por se tratarem de duas doenças crônicas que apresentam um crescimento entre a população, sendo uma preocupação na saúde pública, e considerando o eixo da prevenção na saúde do trabalhador, a equipe de saúde do trabalhador do SAST realizará o rastreamento e acompanhamento do trabalhador, a qual seus hábitos de vida, bem como fatores presentes no ambiente de trabalho podem contribuir para o surgimento e agravamento dessas doenças.

Será realizado o Controle e a Prevenção da Hipertensão e Diabetes Mellitus na Sala de Atendimento do SAST, na Unidade da PROGEPE, situada na Avenida Presidente Vargas, nº 446, Centro, em horários a serem agendados entre 8h e 12h nas seguintes datas:

 

 

       

 

O agendamento deverá ser realizado no período entre 09/02/2017 a 23/02/2017 seguindo as seguintes etapas:

 

1) Clique no link a seguir: https://docs.google.com/a/unirio.br/spreadsheets/d/1HL91SgQ9O0VS1l0EuFJWtgL6i8CfUIKWMetxp6FXwEw/edit?usp=sharing Será aberta uma planilha de agendamento do atendimento.

2) Insira seu nome na célula da planilha conforme data e horário escolhidos para atendimento.

3) Insira também ao lado do seu nome um e-mail para contato (será enviada uma confirmação do atendimento pelo e-mail do SAST até o dia 03/03/2017).

4) Feche a planilha e os dados já estarão salvos e compartilhados com a equipe do SAST.

 

Após confirmação enviada aguardaremos ansiosamente sua presença na data e horário escolhidos.

 

CUIDE BEM DO SEU CORAÇÃO E VIVA COM SAÚDE!

 

                          

 

Mais informações podem ser obtidas Setor de Atenção à Saúde do Trabalhador (SAST) pelo e-mail progepe.sast@unirio.br.

 


 

 

SAST promove roda de conversa sobre Prevenção em DST/AIDS

 

O Setor de Atenção à Saúde do Trabalhador (SAST) convida os servidores e toda a comunidade universitária da  UNIRIO para uma roda de conversa sobre Prevenção em Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)/AIDS com o Superintendente do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle,  Prof. Dr. Fernando Ferry, no dia 21 de fevereiro, terça-feira, às 14h.

Durante a atividade de Promoção e Prevenção em Saúde serão distribuídos materiais educativos e camisinhas. O encontro será realizado na Sala de Atendimento da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), localizada na Av. Presidente Vargas, nº 446, 20º andar, Centro. Venha conversar e tirar suas dúvidas sobre o tema!!!

 

                            

 

Mais informações podem ser obtidas no Setor de Atenção à Saúde do Trabalhador (SAST) pelo e-mail: progepe.sast@unirio.br.

 


 

 

 

 

UNIRIO elabora Manual de Atos Oficiais

 

De acordo com Ordem de Serviço nº 001/2017, publicada no Boletim nº 01, de 17 de janeiro de 2017 foi lançado o Manual de Atos Oficiais, que tem por objetivo padronizar os documentos oficiais da UNIRIO e aperfeiçoar os procedimentos administrativos. O projeto foi elaborado pela Comissão de Elaboração do Manual de Atos e Comunicação Oficial (Cemaco), instituída pela Chefia de Gabinete em maio de 2016.

O Manual apresenta questões relacionadas à comunicação oficial e às diretrizes básicas redacionais, os princípios administrativos e as especificações dos atos oficiais. A proposta também é unificar a identidade visual de atas, ofícios, memorandos e outros documentos, com base nos modelos disponibilizados no site da UNIRIO. Estão disponíveis  diversos modelos de atos administrativos impressos e eletrônicos, que poderão ser consultados através do  link http://www.unirio.br/manualdeatosoficiais ou na página eletrônica da Chefia de Gabinete http://www.unirio.br/reitoria-1/chefia-de-gabinete.

A Cemaco realizou um trabalho de divulgação e implementação da Tabela de Temporalidade e Destinação de Documentos (TTDD), estabelecida para Instituições Federais de Educação Superior, em conformidade com as legislações vigentes. A TTDD é importante para a organização e acesso aos arquivos, assegurando assim o suporte às decisões político-administrativas e o direito dos cidadãos de acesso às informações.

 


 

 

 

Vamos falar sobre Saúde Sexual hoje! Um tema considerado tabu em pleno século XXI e que é permeado por questões sociais, culturais e políticas.  A equipe do SAST traz para esse informativo a proposta de conversar sobre este tema!

O SAST entende que é direito de todos o acesso à informação e que a falta desta na área da saúde sexual torna as pessoas mais sujeitas a se infectar pelas Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s). Conhecer, tirar dúvidas e procurar orientação profissional vão garantir a sua saúde e de seu(sua) parceiro(a).

As Dst’s são adquiridas e transmitidas por meio das relações sexuais desprotegidas, isto é, sem o uso da camisinha. Hoje temos mais de 20 Doenças Sexualmente Transmissíveis, sendo as mais comuns:

HIV/AIDS, Sífilis, Gonorréia, Herpes, Clamídia, Tricomoníase, Hepatite B e HPV.

Os sintomas das Dst’s são variados. Podem aparecer verrugas, secreções uretrais, feridinhas, dores, ardência, coceiras e úlceras, mas pode não ter sintoma também. Por isso o recomendado é consultar regularmente um médico e fazer os exames necessários. A maioria das Dst’s pode ser curada, quando são tratadas de maneira adequada. Quanto mais cedo for realizado o diagnóstico, mais cedo inicia o acompanhamento e o tratamento, ajudando também a interromper a cadeia de transmissão da DST. Em caso de suspeita de infecção, a rede pública oferece atendimento nas Clínicas da Família ou nos Centros Municipais de Saúde próximos à sua residência. Ingerir medicamentos indicados em farmácias ou por amigos podem apenas mascarar os sintomas e fazer com que a doença se torne mais resistente e se agrave. Só um profissional de saúde treinado tem capacidade de fazer exames clínicos para avaliar o tipo de Dst e qual tratamento deve ser feito. Lembre disso!!

Outro ponto importante sobre este tema é o preconceito. Por exemplo: Você pensa num grupo específico da população quando pensa em DST? Se você respondeu que Sim, vale saber que idade, gênero, cor/etnia ou orientação sexual não indicam quem pode ter alguma DST. O que determina pessoas mais propensas a adquirirem ou transmitirem as DST’s é ter uma vida sexualmente ativa sem proteção e conhecimento dos meios de se proteger. Qualquer pessoa, em qualquer idade, com qualquer orientação sexual, casada ou solteira, qualquer um que não se protege pode adquirir ou transmitir uma DST. Portanto, não há um grupo de risco e sim comportamento de risco.

Para se proteger e diminuir os riscos de adquirir e transmitir Dst’s as camisinhas femininas e masculinas ainda são os métodos mais eficazes para prevenir as Dst’s. Contudo, a camisinha feminina ainda é pouco conhecida, utilizada e comercializada. Acreditamos na importância dos sujeitos terem conhecimento e opção de escolha e em breve teremos distribuição de camisinhas femininas e masculinas na UNIRIO. Existe muito preconceito com a camisinha feminina e por isso destacamos aqui algumas vantagens do preservativo feminino:

  

1. Proporciona mais autonomia para as mulheres na hora da relação sexual, uma vez que ocorrem muitos casos de resistência dos homens em utilizarem a camisinha masculina;

2. Podem ser colocadas até oito horas antes da relação sexual e não precisam ser removidas imediatamente após a relação;

3. Aumentam a proteção por meio da cobertura da região dos lábios vaginais. Sendo até mais indicada para proteger do vírus do HPV, uma vez que a transmissão deste vírus ocorre por via do contato sexual e a camisinha feminina diminui o contato de pele entre os parceiros (as).

4. Não causa Alergia, pois não contém Látex.

5. Pode ser usada com qualquer tipo de lubrificante (diferente da masculina que só pode ser utilizada com lubrificantes a base de água);

6. É mais fina que a masculina proporcionando menor perda de sensibilidade;

7. Pode proporcionar maior prazer por massagear o clitóris.

 

Além da camisinha, destacamos a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) como uma das formas de Prevenção ao HIV/AIDS. A PEP consiste no uso de medicamentos antirretrovirais para reduzir o risco em casos de exposição ao Vírus. A exposição pode ocorrer a partir do contato com materiais biológicos infectantes (sangue, fluidos vaginais, sêmen ou outros). A PEP deve ser iniciada o mais rápido possível, de preferência nas 2 primeiras horas após a exposição e no máximo em até 72 horas. O tratamento dura 28 dias e deve ser acompanhado pela equipe de saúde. A PEP é um direito seu. Exija-o e não deixe que nenhum preconceito impeça a sua prevenção! Você pode pedir a PEP em casos de uma relação sexual desprotegida, de violência sexual, de contato pérfuro-cortante. No Rio de Janeiro, o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas da Fiocruz (AV. Brasil, 4.365- Manguinhos. De seg. a sex. de 8:00 às 17:00)  e os seguintes Centros de Testagem Aconselhamento oferecem a PEP:

 

 

Fonte:http://www.riocomsaude.rj.gov.br/site/Arq/Centros_de_Testagem_e_Aconselhamento.pdf

 

 

 Fonte:http://www.aids.gov.br/sites/default/files/anexos/page/2014/56584/01prevencao_combinada_final_folder_pdf_23950.pdf

Fontes:

Cartilha “Tudo dentro: Falando sobre DST/Aids”. Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (ABIA). 2016

http://www.aids.gov.br/

http://www.far.fiocruz.br/2016/12/prep-e-pep/

 

  

Mais informações podem ser obtidas no Setor de Atenção à Saúde do Trabalhador (SAST) através do e-mail progepe.sast@unirio.br.