Você está aqui: Página Inicial / Novembro de 2018 – Ano IV – Nº 043

Novembro de 2018 – Ano IV – Nº 043

 
Informativo Mensal – Novembro de 2018 – Ano IV – Nº 043

PROGEPE realiza evento em homenagem ao Dia do Servidor
A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), através da Gestão de Relacionamentos (GERE) e do Setor de Formação Permanente (SFP), promoveu no dia 24 de outubro o evento em comemoração ao Dia do Servidor que teve como tema “Qualidade de Vida do Servidor Público”, no Auditório Vera Janacopulos, na Urca. Na abertura do evento o Vice-Reitor da UNIRIO, Prof. Dr. Ricardo Silva Cardoso enfatizou a importância da palavra público e parabenizou todos os servidores. O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas, Carlos Guilhon, destacou o trabalho de todos os servidores, terceirizados e reintegrados que fazem parte da força de trabalho da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).
Participaram da mesa de abertura o Diretor de Políticas, Normatização e Registros Acadêmicos de Graduação, Professor Angelo Telesforo Malaquias, representando a Pró-Reitora de Graduação; o Diretor de Pesquisa, Professor Anderson Junger Teodoro, representando a Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa; a Pró-Reitora de Extensão e Cultura, Professora Claúdia Aiub e o Diretor de Tecnologia de Informação e Comunicação, Paulo Roberto Pereira dos Santos, representando a Pró-Reitora de Planejamento.
Na primeira parte do evento foi ministrada a palestra “Ambiente Alimentar Institucional: ações e estratégias para a promoção da alimentação saudável dos servidores” com a professora Juliana Furtado Dias, do Departamento de Nutrição Aplicada (UNIRIO), que falou de temas como acessibilidade dos alimentos, práticas pró-sustentabilidade e outros com base numa pesquisa realizada através da análise do ambiente alimentar institucional.


Mesa de abertura do evento em Homenagem ao Dia do Servidor Público
 
Palestra da professora Juliana Furtado Dias


Após a mesa de abertura teve a apresentação do fragmento do musical “O Primo da Califórnia” com direção de Rubens Lima Júnior, responsável pelo projeto UNIRIO Teatro Musicado. As professoras Solange Campos Vicentini e Eliane Dantas Rocha, do  Instituto Biomédico – UNIRIO, fizeram uma explicação sobre os projetos que desenvolvem na universidade com a palestra  “Saúde, Bem-estar e Qualidade de Vida: depende de quem?” e a apresentação do Programa de Extensão SABEQ – Saúde, bem-estar e Qualidade de Vida, além da esquete teatral “O Consultório”.
Apresentação do fragmento do musical “O primo da Califónia”
                                                     Esquete teatral “O consultório” com as professoras Solange Campos Vicentini e Eliane Dantas Rocha
 
Na segunda parte do evento a abertura foi realizada com o Duo de Violões de Thiago Gonçalves & Igor Souza, que trouxe um repertório com grandes obras da música popular brasileira como Paulinho da Viola, Baden Powell, Tom Jobim, Jacob do Bandolim, Guinga entre outros. A psicóloga da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Bianca Cristina S. Janssens,  apresentou a palestra “Gerencie suas Emoções”, falando da importância dos sentimentos e relatando estudos científicos em neurociência e psicologia positiva.
 
                                                                              
                                                                                                 Duo de Violões de Thiago Gonçalves & Igor Souza
                                                                                
                                                                  Palestra “Gerencie suas Emoções”ministrada pela psicóloga , Bianca Cristina S. Janssens
O administrador e servidor reintegrado da UNIRIO, José Antônio de Oliveira, apresentou o livro “Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação – PCCTAE UNIRIO”, com as presenças da Diretora da Metanóia Editora, Léa Carvalho e da Diretora do filme sobre o livro PCCTAE UNIRIO, Gracy Moreno. 
 
                                                                                            
Gracy Moreno, diretora do filme sobre o livro PCCTAE Unirio, José Antonio de Oliveira,
autor do livro e Léa Carvalho, Diretora da Metanóia Editora
Mônica Vetromille (centro) com a equipe da ASSIST durante
a premiação do Banco de Ideias 2018
A Diretora de Desenvolvimento de Pessoas, da PROGEPE, Mônica Vetromille, juntamente com a Gestora de Relacionamentos, Graziella Cataldo e os divulgadores da Associação dos Servidores Municipais, Estaduais e Federais do Rio de Janeiro (ASSIST), Marco Franco e Eliane Nunes, realizaram a premiação dos três vencedores da 3ª Edição do Banco de Ideias com o tema Acessibilidade:
1º lugar com a ideia “Posso te ajudar?” - Renata Oliveira Grosso.
2º lugar com a ideia “Projeto Ledores: Uma iniciativa de inclusão, acessibilidade e permanência de deficientes visuais na Universidade” - Maria Beatriz Gonçalves de Sousa. 
3º lugar com a ideia “Bibliotheca Lux: acesso físico as bibliotecas como organizações e símbolo de inclusão social” - Diego Martins Aragão da Silva.
 
Todos os projetos enviados para o Banco de Ideias foram encaminhados para a Comissão Permanente de Acessibilidade da UNIRIO. Após a premiação foram realizados sorteio de brindes como livros da Metanóia Editora, pães artesanais, panetone, kits de alimentação saudável e outros.
 
  
                                                                                     
                                                                                 Mônica Vetromille premiando a vencedora do 1º lugar do Banco de Ideias,
                                                                                                                     Renata Oliveira Grosso
 
 
                                                                                   
                                                                                  Eliane Nunes, da equipe da ASSIST realizando a premiação do 2º lugar,
                                                                                                                    Maria Beatriz Gonçalves de Sousa
 
 
                                                                                     
                                                                                          Diego Martins Aragão da Silva, que ficou em 3º lugar com prêmio    
                                                                                                       entregue pelo divulgador da ASSIST, Marco Franco
 
 
                                                                                      
                                                                                                        Os vencedores da 3ª Edição do Banco de Ideias
 
                                                                                      
                                                                                        Sorteio de brindes realizado pela servidora Mariana Buarque<>                                                                             
                                                                                                 e a Gestora de Relacionamentos Graziella Cataldo
 
 
                                                                                   
                                                                                                            Servidora sorteada com o pão artesanal
 
Finalizando o encontro, a Diretora de Desenvolvimento de Pessoas, Mônica Vetromille, a Chefe da Divisão de Acompanhamento Funcional e Formação Permanente, Tathiana Teixeira e a Chefe do Setor de Formação Permanente, Silvia Elana, explicaram a importância do evento organizado pela Gestão de Relacionamentos (GERE) e pelo Setor de Formação Permanente (SFP), da Diretoria de Desenvolvimento de Pessoas (DDP) e parabenizaram todos os servidores.
 
                                                                                 
                                                                                                 Tathiana Teixeira, Chefe da DAFFP, Mônica Vetromille,
                                                                                                        Chefe da DDP e Silvia Elana, Chefe do SFP
 
                                                                                
                                                                         Participantes do evento recebendo pipoca na entrada do auditório Vera Janacopulos
 
Durante toda a atividade aconteceu a II Feira de Talentos da UNIRIO,  no hall do Auditório Vera Janacopulos, com  exposição de fotografias, doces artesanais, alimentação saudável, artesanatos, participação dos alunos do projeto “Juntos contra a hipertensão” com medição de glicose e pressão arterial.
 
 
                                                                                     
                                                                                Servidoras participando da Feira de Talentos com  a exposição de artesanato


 
                                                                                        
                                                              Servidora Kate Addum expondo produtos para alimentação saudável durante a Feira de Talentos
 
 
                                                                                    
                                                                           II Feira de Talentos da UNIRIO realizada na entrada do Auditório Vera Janacopulos
 
 
                                                                                   
                                                                                     Participantes do Projeto de Extensão “Juntos contra a hipertensão”         
                                                                                 fazendo aferição da pressão arterial durante o evento do Dia do Servidor
 
A PROGEPE agradece aos participantes do evento Dia do Servidor e o apoio da Associação dos Servidores Municipais, Estaduais e Federais do Rio de Janeiro (ASSIST), Metanóia Editora, Associação dos Trabalhos em Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Asunirio) e do servidor reintegrado José Antônio de Oliveira.
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
Comissão Julgadora do Banco de Ideias escolhe os vencedores da 3ª Edição

No dia 19 de outubro, a Comissão Julgadora do Banco de Ideias se reuniu na Sala da Gestão de Relacionamentos para a escolha dos três vencedores da 3ª Edição do Banco de Ideias que teve como tema a Acessibilidade. O concurso foi aberto para a participação de toda comunidade universitária (Docentes, Técnico-Administrativos, Reintegrados, Aposentados, Terceirizados e Discentes). A comissão teve como integrantes Andreza Silva de Oliveira (Técnica em Assuntos Educacionais); Cládice Nóbile Diniz (Docente); Graziella Cataldo Batista Felix (Assistente em Administração); Marcos Luiz Cavalcanti de Miranda (Docente); Mariana Buarque Araujo (Secretária Executiva); Marta Marques Loureiro (Assistente em Administração); Patricia Ladeira Penna Macêdo (Docente); Rafaela Reznik Rocha (Assistente em Administração) e Renata Amorim (Técnica em Enfermagem). A Coordenação da Comissão ficou a cargo da servidora Cládice Nóbile Diniz, membro da Comissão de Acessibilidade desta Universidade, conforme previsto em Edital. A divulgação do resultado e a premiação do concurso aconteceram durante o evento do Dia do Servidor, no dia 24 de outubro no Auditório Vera Janacopulos.
 
                                                                                             
                                                           Professora Cládice Nóbile (à esquerda), coordenadora da Comissão em reunião com os integrantes
 
 
 
                                                                                              
                                                                          Comissão do Banco de Ideias reunidos na Sala da Gestão de Relacionamentos
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
PROGEPE organiza evento em homenagem aos servidores aposentados
 
A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), por meio da Gestão de Relacionamentos (GERE), está organizando o 6º Encontro dos Aposentados da PROGEPE em homenagem aos servidores que se aposentaram no período de novembro de 2017 a novembro de 2018. O encontro será realizado no dia 28 de novembro, quarta-feira, às 13h30min, no auditório da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto, que fica localizado na Rua Dr. Xavier Sigaud, nº 290, 2º andar, na Urca.
O evento contará com a mesa de abertura com a presença do Pró-Reitor de Gestão de Pessoas, Carlos Guilhon e representantes da Associação dos Trabalhos em Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Asunirio). Após a abertura, terá a palestra "Pós-carreira com planejamento, uma reflexão de aposentadoria"  ministrada pelas  psicólogas Bianca Cristina da Silva Janssens e Elen Mara Gomes de Léo, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFFRJ) e uma roda de conversa sobre aposentadoria com a Chefe da Divisão de Promoção à Saúde (DPS), a assistente social Kate Addum. Haverá um recital de poesias da servidora aposentada homenageada Vilma Barbosa Soares, que foi professora do Centro de Ciências Humanas e Sociais. Serão homenageados 63 servidores. Confira a lista:
 
 
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
PROGEPE prorroga prazo para envio da Avaliação de Desempenho dos Servidores Técnico-Administrativos 2018
 
A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE) prorrogou para o dia 07 de dezembro o prazo para envio da Avaliação de Desempenho 2018 dos servidores Técnico-Administrativos. Até o mês de novembro, 27% dos servidores ainda não responderam ao formulário no sistema. A avaliação deve ser acessada no site www.unirio.br/progepe no campo “Avaliação de Desempenho 2018”. Todos os servidores Técnico-Administrativos que ingressaram na Unirio até 15 de julho de 2018 devem respondê-la, incluindo aqueles que se encontram no topo da carreira. O servidor só terá acesso para realizar a sua autoavaliação após a respectiva chefia finalizar o preenchimento. Para acessar o formulário, o servidor e sua chefia deverão utilizar os mesmos dados acesso ao Portal de Identidade da Unirio (ID UNIRIO), ou seja, os mesmos usuário (CPF) e senha cadastrados nesse local.
Em caso de dúvidas em relação à listagem da equipe de trabalho apresentada, a chefia deverá comunicar imediatamente ao SAAPT, por meio do próprio sistema de avaliação, para que sejam analisados os casos e efetuadas as correções, se necessário. O servidor deverá checar com a chefia se ele consta na listagem da equipe a ser avaliada.  Em virtude da situação dos dados cadastrais no SIE, a Avaliação de Desempenho para os servidores do HUGG ainda está sendo realizada em formulário impresso, também disponível no site da PROGEPE.
Os dados informados na Avaliação de Desempenho são fundamentais para o direcionamento de ações coletivas da PROGEPE que possibilitem melhorias no trabalho em toda a Unirio. Além disso, é por meio de avaliação positiva que cada servidor poderá receber a Progressão por Mérito. Desse modo, os servidores que não finalizarem a avaliação até o prazo indicado não irão progredir no período correto.
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 2542-5523 ou pelo e-mail progepe.saapt@unirio.br
 
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
PROGEPE participa da campanha Outubro Rosa
 
A equipe da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), realizou no dia 31 de outubro fotos na unidade da PROGEPE em apoio a campanha Outubro Rosa com o objetivo de promover a conscientização sobre o câncer de mama que ainda mata muitas mulheres no mundo e no Brasil, mas essa realidade pode ser modificada quando o diagnóstico é feito precocemente.
No Sistema Único de Saúde o público prioritário para a realização da mamografia é composto de mulheres na faixa etária entre 50 e 69 anos de idade, o qual apresenta maior incidência do Câncer, mas além das consultas pode ser realizado o autoexame de mama independente da idade.
 
                                                                                                  
                                                                                                       Equipe da PROGEPE apoiando a Campanha do Outubro Rosa
 
  
                                                                                                   
                                                                                                                     Foto realizada no hall de entrada da PROGEPE
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
MAR em Libras no mês da Consciência Negra

No domingo, dia 25 de novembro, às 14h, será realizado O MAR em Libras, que é uma conversa de galeria em Libras - Língua Brasileira de Sinais - mediada por um convidado surdo com tradução para o Português. Nesta edição, em celebração ao mês da Consciência Negra, a conversa será realizada na exposição “O Rio do samba: resistência e reinvenção”. O convidado especial, Weslei Rocha, dialogará com o público sobre a ancestralidade negra e compartilhará sua vivência como negro e surdo na sociedade atual.
A mostra “O Rio do samba: resistência e reinvenção” comemora os 5 anos do MAR e ficará exposta por um ano explorando os aspectos sociais, culturais e políticos da história do samba carioca desde o século XIX até os dias de hoje e está dividida em três partes: “Da herança africana ao Rio Negro”, “Da praça XI às zonas de contato” e “O samba carioca, um patrimônio”. O MAR (Museu de Arte do Rio) fica localizado na Praça Mauá, nº 5, Centro. 
 
                                                                                                 
                                                                                                         Foto da exposição “O Rio do samba: resistência e reinvenção
                                                                                                                                                 Fonte: site do MAR
 
 
Fonte: https://www.museudeartedorio.org.br
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
  
 
Viva a UNIRIO Inclusiva
 
No final de outubro, foi encerrada a primeira turma do curso de capacitação interna 2018 Introdução à Libras (Língua Brasileira de Sinais) no Contexto Universitário, na sala 410 do prédio da Nutrição, na Urca.  Com carga horária total de 30 horas, o objetivo geral do curso é capacitar servidores e terceirizados da UNIRIO para que todos tenham domínio do vocabulário básico da Libras no contexto universitário. Este curso, ministrado pelos instrutores Ruan Diniz e Eberson Sarmento, foi muito bem recebido e avaliado pelos participantes da turma, conforme destacado nos depoimentos abaixo:
 
“Só tenho coisas positivas para falar sobre o curso. Meu interesse em aprender Libras vem de muito tempo. Foi muito legal poder aprender o básico desta língua. Os professores são ótimos profissionais e colegas de trabalho. Sem dúvida, essa iniciativa é de extrema importância para a universidade.”
Rafaela Reznik Rocha, Assistente em Administração, lotada na Escola de Nutrição.
 
“O curso foi realmente excelente. Apesar de ter sido um curso de curta duração (30h), nós aprendemos muito em relação ao ambiente acadêmico. As aulas foram dinâmicas e práticas. Os professores despertaram o interesse de todos por essa língua e essa cultura. Agora só nos resta solicitar um curso mais longo para que possamos desenvolver e ampliar ainda mais o nosso conhecimento em Libras.”
Luna Bravim Rente, Técnica em Assuntos Educacionais, lotada na Escola de Medicina e Cirurgia.
 
“O curso foi muito além das minhas expectativas. Com ele, foi possível adquirirmos ferramentas básicas para a comunicação. Ao utilizá-las plenamente, seremos capazes de nos comunicar bem em Libras. E agora já temos um conhecimento suficiente até mesmo para caso tenhamos interesse em nos aprofundar mais neste tema. Espero que, no futuro, tenhamos um outro módulo mais avançado. Esse é mais um passo para que a UNIRIO possa propiciar um ambiente com cada vez menos barreiras para receber os surdos e deficientes auditivos, em geral.”
Bruno Tostes de Aguiar, Programador Visual, lotado na Coordenação de Comunicação Social – COMSO.
E para finalizar, compartilhamos também as impressões dos instrutores do curso, Ruan e Eberson, Tradutores-intérpretes, também lotados na COMSO:
“O curso de Introdução à Libras no Contexto Universitário possibilitou aos participantes um novo olhar sobre a língua, a surdez  e o surdo. A parceria da Comissão Permanente de Acessibilidade com o Setor de Formação Permanente/Progepe abre novas oportunidades para além da questão da capacitação dos servidores. É mais um passo nesta longa caminhada, para que a Unirio seja cada vez mais inclusiva, não no sentido restrito e legal do termo, mas numa visão atitudinal, através de pequenas ações difundidas nos diversos setores desta Instituição. Aos poucos, com o aumento gradativo da capacitação de pessoal, o espaço universitário vai se adaptando às necessidades do outro, e, desta forma, a insegurança de receber o desconhecido, paulatinamente, cede à vontade de aceitar os desafios.
A turma, como um todo, foi extremamente dedicada. Os participantes traziam suas dúvidas, questões para discussão, lista de vocabulários, equipamentos para registro audiovisual e tinham uma feliz sede por mais conhecimento. Foi unânime, no decorrer das atividades, o discurso de ‘queremos um curso maior’.
Esperamos então que, no próximo ano, essa parceria possa ser mantida e novos modelos de oferta de capacitação possam ser realizados.”
 
Esse, sem dúvida, é também o desejo do SFP/Progepe: que, em 2019, possamos ampliar o número de turmas de capacitação em Libras nos diferentes campi desta instituição, inclusive levando esse importante conhecimento também para os profissionais de saúde do HUGG.
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
 
 
CONDUTA ÉTICA DO SERVIDOR PÚBLICO
 
 
Nesse mês, o SAAPT traz um tema de peculiar relevância na atual conjuntura: a conduta ética do servidor público. Estamos diante de um caldo cultural efervescente, no qual ouvimos um clamor pelo fim da corrupção dos agentes públicos.
Conforme tratamos na última edição, há um entendimento deturpado – que beira a caricatura – de que o Serviço Público e, por extensão, seus trabalhadores são, necessariamente, perdulários, ineficientes e ímprobos. Não há aqui qualquer ingenuidade ou tentativa de idealizar o serviço público: temos certeza que você conhece alguém que responde a essas características que mencionamos acima. Mas também apostamos que você conhece um número maior de pessoas que não corresponde.
Poderíamos apontar diversos motivos que fazem com que essas pessoas se diferenciem; mas para essa edição vamos focar num dos principais: a ética. Segundo o dicionário Michaelis, ética é o “conjunto de princípios, valores e normas morais e de conduta de um indivíduo ou de grupo social ou de uma sociedade”.  Dessa forma, os códigos de ética estabelecem normativamente este conjunto de princípios, valores e condutas que determinado grupo deve seguir.
No caso do servidor público, este código está expresso no Decreto 1.171, de 22 de junho de 1994. Este decreto possui um anexo com dois capítulos: no primeiro, composto por 3 seções, apresentam-se as regras deontológicas, os principais deveres e vedações ao servidor público; o segundo, versa sobre a Comissão de Ética. É imprescindível que o trabalhador conheça a fundo essa legislação e preze por sua materialização. Se você ainda não leu, joga no Google que é fácil de achar. Mas já que você nos acompanhou até aqui, caro colega trabalhador, vamos apresentar um resumo.
Antes de qualquer coisa, é preciso que se lembre de que esta normativa é direcionada para todo trabalhador que, por força de lei, contrato ou de qualquer ato jurídico, preste serviços de natureza permanente, temporária ou excepcional, ainda que sem retribuição financeira, desde que ligado direta ou indiretamente a qualquer órgão do poder estatal, como as autarquias, as fundações públicas, as entidades paraestatais, as empresas públicas e as sociedades de economia mista, ou em qualquer setor onde prevaleça o interesse do Estado.
Na primeira seção do primeiro capítulo, das regras deontológicas, são apresentados os primados maiores que norteiam o serviço público: a dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios morais. O fim deve ser sempre o bem comum. Afirma-se que toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da Administração Pública. O servidor deve ser cortês, ter boa vontade e cuidado, buscando atender os usuários do serviço com o mínimo do tempo adequado e possível.
Na segunda seção, que trata dos principais deveres do servidor, destacamos o imperativo de ser cortês, ter urbanidade, disponibilidade e atenção, respeitando a capacidade e as limitações individuais de todos os usuários do serviço público, sem qualquer espécie de preconceito ou distinção de raça, sexo, nacionalidade, cor, idade, religião, cunho político e posição social, abstendo-se, dessa forma, de causar-lhes dano moral. Expressa-se o respeito à hierarquia, porém sem nenhum temor de representar contra qualquer comprometimento indevido da estrutura em que se funda o Poder Estatal, bem como a necessidade de resistir a todas as pressões de superiores hierárquicos, de contratantes, interessados e outros que visem obter quaisquer favores, benesses ou vantagens indevidas em decorrência de ações imorais, ilegais ou aéticas e denunciá-las. Afirma-se também que o servidor deve manter-se atualizado com as instruções, as normas de serviço e a legislação pertinentes ao órgão onde exerce suas funções, além de abster-se, de forma absoluta, de exercer sua função, poder ou autoridade com finalidade estranha ao interesse público, mesmo que observando as formalidades legais e não cometendo qualquer violação expressa à lei.
Na terceira seção, que versa sobre as vedações ao servidor público, adverte-se que o trabalhador não deve fazer uso do cargo ou função, facilidades, amizades, tempo, posição e influências, para obter qualquer favorecimento, para si ou para outrem ou, ainda, desviar servidor público para atendimento a interesse particular. Não deve também usar de artifícios para procrastinar ou dificultar o exercício regular de direito por qualquer pessoa, causando-lhe dano moral ou material e muito menos fazer uso de informações privilegiadas obtidas no âmbito interno de seu serviço, em benefício próprio, de parentes, de amigos ou de terceiros.
Caso haja suspeita de infração de algum dos itens expressos nas seções acima, a Comissão de Ética – tema do segundo capítulo do anexo da Lei – irá julgar o mérito da questão. É sua atribuição também a orientação e o aconselhamento sobre a ética profissional do servidor, no tratamento com as pessoas e com o patrimônio público. A pena aplicável ao servidor público pela Comissão de Ética é a de censura.
Esperamos que este pequeno compêndio tenha permitido você conhecer ou reforçar os princípios éticos que regem nossa categoria. Não esqueçamos que os serviços públicos são pagos por todos os cidadãos, inclusive por nós, os próprios trabalhadores que prestam o atendimento. Um serviço bem prestado, que vise o bem comum, significa o bom uso de nosso próprio dinheiro. Por isso, não comungue com atitudes antiéticas, nem aceite as pequenas corrupções cotidianas: o errado continua errado mesmo que todo mundo esteja fazendo. E lembre-se: a omissão também é cumplicidade.
 
 
 
Dê sua sugestão para as próximas edições!
Entre em contato conosco:
 
Telefone: 2542-5523
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________